Eixos e Reversos

A cunhagem de moedas brasileiras estabelece certo padrão do reverso em relação a seu anverso. O padrão EH (eixo horizontal ou reverso moeda) é o mais difundido, sendo o EV (eixo vertical ou reverso medalha) também encontrado porém, de uma forma bem mais restrita. No entanto, nem sempre as coisas saem como o esperado e variações desses padrões originais podem ser encontradas em várias moedas dentro de uma mesma série.

 

Eixo Horizontal ou Reverso Moeda (EH)

Uma grande maioria das moedas brasileiras, principalmente as modernas, foi cunhada nesse padrão, com relação direta ao eixo horizontal. Ou seja, colocando-se um lado da moeda virada para cima, se for feita uma rotação dela através de seu eixo horizontal, o lado oposto também deverá ficar virado para cima. A esse padrão, damos o nome de "Eixo Horizontal", "Reverso Moeda" ou, simplesmente, "EH".

 

Eixo Vertical ou Reverso Medalha (EV)

Esse outro padrão é mais percebido nas antigas moedas. Elas foram cunhadas de forma a manter uma relação direta ao eixo vertical. Ou seja, colocando-se um lado da moeda virada para cima, se for feita uma rotação dessa moeda através de seu eixo vertical, o outro lado também deverá ficar virado para cima. A esse padrão, damos o nome de "Eixo Vertical", "Reverso Medalha" ou, simplesmente, "EV".

Notar que essas moedas foram originalmente concebidas nesse padrão. Portanto, elas não são anômalas ou variantes ou defeituosas, apenas trata-se de um padrão diferente. Se girar uma moeda reverso medalha pelo seu eixo horizontal, o outro lado ficará de cabeça para baixo.

 

Reverso Inclinado

Ao se girar a moeda por qualquer um de seus dois eixos, o lado oposto formará um ângulo inclinado (>30°) em relação ao lado original. É uma anomalia.

 

Reverso Horizontal

Ao se girar a moeda por qualquer um de seus dois eixos, seu lado oposto formará um ângulo de 90°, aproximadamente. É uma anomalia.
 

Reverso Invertido

É uma variante onde a relação anverso/reverso está invertida em relação à moeda original. Moedas que são originalmente EH, apresentam-se como EV e vice-versa (EV como EH).

 

As variantes, invariavelmente, são resultados de erros ou falta de controle na cunhagem das moedas.

As imagens mostradas são meramente ilustrativas.
Fonte: "Livro das Moedas do Brasil" de Amato, Neves e Russo.

veja, também, Anversos e Reversos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------
Moedas Brasileiras / Moedas do Brasil / Moedas Nacionais / MoedasDoBrasil Copyright © 2011-2020 Netfenix
Reportar erros. Clique aqui! 20200210-8

Um completo e interessante compêndio das moedas brasileiras de todas as épocas.

Encontre em nosso catálogo a moeda que você está procurando:
ano/era
valor facial
material

No século 19, usava-se uma escala impressa em papel para medir moedas...

- A Escala de Mionnet
- A História do Cifrão
- Reformas Monetárias
- Cara ou Coroa?


A história da moeda no Brasil contada pelo Banco do Brasil, a história do dinheiro no Brasil contada pelo Banco Central do Brasil e a história das moedas brasileiras contadas por nós.

- Níveis de conservação
- Conservação das moedas
- Coroa Alta e Coroa Baixa
- Graus de Raridade
- Siglas de Gravadores
- Anversos e Reversos
- Ensaios e Provas
- Eixos e Reversos
- Legendas e Inscrições
- Materiais e Metais
- Moedas de Cobre
- Descobrimento do Brasil
- Colonização do Brasil
- D. Pedro II do Brasil
- e ainda mais...