Catálogo das Moedas Brasileiras

 
R$ 0,50 Reais
x
Imagens: Coleção Eduardo Rezende
ANVERSO
Efígie de José Maria da Silva Paranhos Jr (1845-1912), Barão do Rio Branco, ladeada pelo dístico Brasil e por cena alusiva à dinamização da política externa brasileira e à consolidação dos limites territoriais com vários países.
REVERSO
À esquerda, linhas diagonais de fundo dão destaque ao dístico correspondente ao valor facial, seguido dos dísticos centavos e o correspondente ao ano de cunhagem.
PADRÃO MONETÁRIO
REAIS (de 01/07/1994 a atual)
A MP nº 542, de 30.06.1994, instituiu o REAL como unidade do sistema monetário, a partir de 01.07.1994, com a equivalência de CR$ 2.750,00, igual à paridade entre a URV e o Cruzeiro Real fixada para o dia 30.06.1994. Foi mantido o centavo.
PERÍODO POLÍTICO
República, Nova República (1985-2016)
Período seguinte ao fim da ditadura militar, caracterizado pela ampla democratização política do Brasil e sua estabilização econômica, além da instituição de um estado democrático de direito e uma república presidencialista.
LIMITES
Nacional, emitida pelo BC
ORIGEM
Casa da Moeda, Rio de Janeiro
CARACTERÍSTICAS
Material: aço inox
Diâmetro: 23,0 mm
Peso: 7,81 g
Espessura: 2,85 mm
Bordo: inscrito
Eixo: reverso moeda (EH)
Circulação: de 24/06/2002 a atual
OBSERVAÇÕES
Legenda no bordo: * ORDEM E PROGRESSO * BRASIL
EMISSÕES KM# 651a
ano produção CRMB Amato Vieira Bentes BCB observações
2002 189.952.000 2002-I-c50 V.500 R 72 800.01 R-506
2003 143.696.000 2003-I-c50 V.501 R 73 800.02 R-507
2005 122.416.000 2005-I-c50 V.502 R 74 800.03 R-508
2006 39.984.000 2006-I-c50 V.503 R 75 800.04 R-509
2007 130.032.000 2007-I-c50 V.504 R 76 800.05 R-510
2008 290.080.000 2008-I-c50 V.505 R 77 800.06 R-511
2009 300.048.000 2009-I-c50 R 78 800.07 R-512
2010 170.016.000 2010-I-c50 R 79 800.08 R-513
2011 116.928.000 2011-I-c50 R 80 800.09 R-514
2012 100.016.000 2012-I-c50 800.10 R-515
2013 350.000.000 2013-I-c50 R-516
2014 56.112.000 2014-I-c50 R-517
2015 69.167.000 2015-I-c50 R-518
2016 180.096.000 2016-I-c50
 
Citação das fontes de códigos de referência de moedas:
KM# é código de referência de Krause-Mishler do Standard Catalog of World Coins, 2014
CRMB é código de referência proposto por este site - Código de Referência das Moedas Brasileiras
Amato extraido do Livro das Moedas do Brasil 1643 até o presente, de Amato/Neves/Russo, 12ª. edição, 2009
Vieira extraido do Catálogo Vieira - Moedas Brasileiras, de Numismática Vieira, 14ª. edição, 2012
Bentes extraido do Catálogo Bentes - Moedas Brasileiras, de Rodrigo Maldonado, 1ª. edição, 2013
BCB é código de referência utilizado pelo Banco Central do Brasil
----------------------------------------------------------------------------------------------------
Moedas Brasileiras / Moedas do Brasil / Moedas Nacionais / MoedasDoBrasil Copyright © 2011-2017 Netfenix
Reportar erros. Clique aqui! 20160916-7

Um completo e interessante compêndio das moedas brasileiras de todas as épocas.

Encontre em nosso catálogo a moeda que você está procurando:
ano/era
valor facial
material

No século 19, usava-se uma escala impressa em papel para medir moedas...

- A Escala de Mionnet
- A História do Cifrão
- Reformas Monetárias
- Cara ou Coroa?


A história da moeda no Brasil contada pelo Banco do Brasil, a história do dinheiro no Brasil contada pelo Banco Central do Brasil e a história das moedas brasileiras contadas por nós.

- Níveis de conservação
- Conservação das moedas
- Coroa Alta e Coroa Baixa
- Graus de Raridade
- Siglas de Gravadores
- Anversos e Reversos
- Ensaios e Provas
- Eixos e Reversos
- Legendas e Inscrições
- Materiais e Metais
- Moedas de Cobre
- Descobrimento do Brasil
- Colonização do Brasil
- D. Pedro II do Brasil
- e ainda mais...