CATÁLOGO

Um completo e interessante compêndio das moedas e cédulas brasileiras de todas as épocas.

QUAL MOEDA?

Encontre em nosso catálogo a moeda que você está procurando:
ano/era
valor facial
material

CURIOSIDADES

Você sabia que no século 19, usava-se uma escala impressa em papel para medir moedas...
- A Escala de Mionnet
- A História do Cifrão
- Reformas Monetárias
- Cara ou Coroa?

A MOEDA NO TEMPO

A história da moeda no Brasil contada através dos anos desde os tempos coloniais até os dias de hoje.

Catálogo das Moedas Brasileiras

III réis Réis
x
Imagens: MoedaMania
ANVERSO
Coroa sobre SEBASTIANVS .I., orlada pela inscrição PORTVG ET ALGARB REX AFRIC (D. Sebastião I, Rei de Portugal e do Algarve e África)
REVERSO
Escudo de Portugal sob coroa e entre a letra L, à esquerda, e o valor 3, à direita
PADRÃO MONETÁRIO
RÉIS
Monetário português, sem fundamentação legal no Brasil. Originada no período Colonial por influência do monetário português, não se tratava de uma moeda genuinamente brasileira. Popularmente, o plural foi adotado como réis ao invés de reais
PERÍODO POLÍTICO
Colônia, D. Sebastião I - O Desejado (1557-1578)
Sebastião, apelidado de "o Desejado" e "o Adormecido", foi Rei de Portugal e Algarves de 1557 até sua morte, em 1578. Autorizou a Provisão de 03/03/1568 com o intuito de desestimular o crescente fabrico de moeda falsa de cobre em circulação. É considerada o primeiro documento que determina e oficializa, de forma explícita, a circulação de moeda metálica no Brasil.
LIMITES GEOGRÁFICOS
Portugal e Colônias
ORIGEM
Casa da Moeda, Lisboa
CARACTERÍSTICAS
Material: cobre
Diâmetro: 29,0 mm
Peso: 4,55 g
Bordo: liso/irregular
Eixo: reverso medalha (EV)
OBSERVAÇÕES
Autorizada a circular no Brasil de acordo com a provisão de 29/03/1568. Diâmetro e peso aproximados
EMISSÕES KM# -
ano produção CRMB Prober Amato Vieira Bentes obs.
1568 n/d 1568-C-003 - - - 3.01
Citação das fontes de códigos de referência de moedas:
KM# é código de referência de Krause-Mishler do Standard Catalog of World Coins, 2014
CRMB é código de referência proposto por este site - Código de Referência das Moedas Brasileiras
Prober extraido do Catálogo das Moedas Brasileiras, de Kurt Prober, 3ª. edição, 1981
Amato extraido do Livro das Moedas do Brasil 1643 até o presente, de Amato/Neves/Russo, 12ª. edição, 2009
Vieira extraido do Catálogo Vieira - Moedas Brasileiras, de Numismática Vieira, 14ª. edição, 2012
Bentes extraido do Catálogo Bentes - Moedas Brasileiras, de Rodrigo Maldonado, 1ª. edição, 2013
Fontes dos códigos de referência das moedas:
KM#, Standard Catalog of World Coins, Krause-Mishler, 2014
CRMB, deste site, Código de Referência das Moedas Brasileiras
Prober, Catálogo das Moedas Brasileiras, Kurt Prober, 3ª. edição, 1981
Amato, Livro das Moedas do Brasil, Amato/Neves/Russo, 12ª ed., 2009
Bentes, Catálogo Bentes, Rodrigo Maldonado, 1ª. edição, 2013

Reportar erros. Clique aqui!

Moedas Brasileiras / Moedas do Brasil / MoedasDoBrasil
Copyright © 2011-2024 Netfenix  -